Usain Bolt - A Despedida
19/12/2017 19:23 em Novidades

Usain Bolt

Astro jamaicano que acumulou medalhas e fãs deixa as pistas após Mundial de Atletismo depois de transformar o esporte ao longo de dez anos de domínio absoluto nas provas de velocidade.

 ‘Quero ser lembrado como alguém que venceu e fez as pessoas sorrirem’

 

Usain St. Leo Bolt, 30, é um raio que eletrificou e transformou o esporte mundial nos últimos

nove anos.

 

E que, em 2017, faz suas últimas aparições.

 

O astro jamaicano despede-se das pistas no Campeonato Mundial de Londres, entre 4 e 13 de agosto, com o feito de ter redefinido o que é ser vencedor no atletismo.

 

Nenhum velocista foi, em todos os tempos, tão dominante quanto o caribenho, que na juventude dividia suas pretensões no esporte com o vício em nuggets e reggae.

 

Foram oito medalhas de ouro em Jogos Olímpicos, com inéditas conquistas triplas nos 100 m, 200 m e no revezamento 4 x 100 m (ele é recordista mundial de todas estas distâncias). Além disso, venceu 11 provas em Campeonatos Mundiais.

 

Bolt soma nove anos de domínio nas três provas em principais competições (Olimpíada e Mundial). Na única vez que deixou de levar o ouro, nos 100 m no Mundial de Daegu, em 2011, perdeu para si mesmo. Foi eliminado por queimar a largada.

 

Porém, reduzir Bolt a números é ver apenas a superfície. O homem mais veloz de todos os tempos foi um showman.

 

Fonte: http://arte.folha.uol.com.br/esporte/2017/usain-bolt/entrevista-exclusiva-usain-bolt/

COMENTÁRIOS