Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Campanha Nacional do Quilo arrecada roupas e alimentos até sexta-feira
28/07/2020 10:06 em Utilidade pública

Criado para homenagear todos os voluntários que realizam e colaboram com as várias campanhas de arrecadação de quilos de alimentos em favor de instituições filantrópicas brasileiras, o Dia Nacional da Campanha do Quilo (31 de julho), em Piracicaba, se transformou em Semana do Quilo, que começou ontem e segue até 31 de julho.

A iniciativa é encabeçada pelo projeto Pernas Caipiras junto à Semdes (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social), por meio do Banco de Alimentos, Central de Projeto e Fuusp (Fundo Social de Solidariedade), e visa arrecadar um quilo de alimento ou outros itens a famílias em vulnerabilidade social que fazem parte do CadÚnico (Cadastro Único).

É um único ponto de recolhimento de doações, explica Paulo Cesar do Amaral, diretor de marketing do Projeto Pernas Caipiras, conta que a iniciativa. Ele explica que a ação está centralizada na Central de Projetos do Fundo Social de Solidariedade Piracicaba (rua José Rosário Losso, 946, no bairro Jaraguá). Servidores receberão doações das 8h às 12h e das 13 às 15 h. “É preciso ir à recepção para informar que trouxe a doação, e o pessoal pode fazer a retirada do carro, se preferir, tomando todas as medidas de higiene”, destaca Amaral.

A iniciativa, fala o diretor do Pernas Caipiras, surgiu da entidade de comemorar o Dia Nacional da Campanha do Quilo de forma mais robusta. “Estendemos o período para que mais pessoas possam participar e doar. Pode ser um quilo de alimento, um litro de leite, um pacote de fralda geriátrica ou um item de higiene pessoal. Não precisa ser em quantidade. Se cada um se dispor a colaborar com algo, conseguimos atingir mais pessoas”, ele argumenta.

Todo o conteúdo arrecadado ficará com o Banco de Alimentos e na Central de Projetos, que em seguida entregará para pessoas do CadÚnico. “Tudo que for arrecadado é pro Banco e eles farão a triagem das doações e distribuição. Assim eles conseguem ter um controle maior e um mapeamento melhor das comunidades e pessoas carentes por meio do CadUnico”.

“Quem precisa de ajuda do município neste período da pandemia da covid-19, orientamos que procure o Central do Cadastro Único (rua XV de Novembro, 1219, das 8 às 18h) ou no Cras de sua região”, indica Amaral.

Erick Tedesco

FONTE: JORNAL DE PIRACICABA

COMENTÁRIOS